A história do Batom

O batom é um cosmético que com certeza não falta na bolsa de uma mulher. O batom tem uma história muito longa que vem de muitos anos atrás.
Desde a época das rainhas egípcias o batom vem fazendo muito sucesso. Os tons e cores sofreram diversas mudanças, mais a fina camada de cor nunca abandonaram os lábios femininos.
No começo do século XX um perfumista francês inventou o “baton serviteur” uma massa que era feita com Talco, óleo de amêndoas, essências de bergamota e limão, de cor vermelha e era vendido numa embalagem de papel de seda.
O produto fez muito sucesso entre atrizes e prostitutas do mundo inteiro, até que depois da Primeira Guerra Mundial as donas de casa deixaram o preconceito de lado e aderiram ao produto que se tornou moda indispensável.
O formato do batom também passou por diversas mudanças, modernização e praticidade. No segundo ano da Primeira Guerra Mundial surgiu nos Estados Unidos uma derivação do Serviteur que era um colorante labial em um tubo metálico. Com muita praticidade, e espalhou pela América do Norte e fez um grande sucesso muito rápido.
Hoje em dia o batom não apenas dá cor aos lábios, mas também pode oferecer outras vantagens como não deixar os lábios ressecados e proteger dos raios solares.

Deixe um comentário