Colchões de luxo: dormir bem pode sair caro

Ter uma boa noite de sono é imprescindível para qualquer classe social, e sabemos que os grandes milionários precisam muito disso, afinal a jornada do dia não deve ser fácil. Investir em algo de conforto nem sempre é supérfluo, porem se tem dinheiro para dormir bem porque não comprar um colchão de luxo. Uma boa noite de sono alem de fazer bem para o humor, faz muito bem para a saúde. Precisamos pelo menos de 8 horas de sono por dia, e quando não se pode dormir tudo isso pelo menos um bom colchão é preciso ter para poder relaxar com conforto.

Colchões de luxo: dormir bem pode sair caro

A maioria dos modelos de colchões se define em detalhes onde luxo não quer dizer aparência e estética, mas sim a modernidade e o conforto. Esse conforto e modernidade pode sair muito caro, ponde ser um artigo de luxo apenas para milionários. Os colchões de luxo são assinados pelo ES Kluft & CO, que produziu os colchões mais caros da América, onde um King size Palais Royale custa cerca de 33 mil dólares. Esse modelo foi confeccionado por 10 artesões e foi utilizado 10 quilos de cachemir, lã da Nova Zelândia, seda, mohair, espuma de látex natural e algodão orgânico certificado.

Dormir bem pode sair caro

Os colchões Hästens no mercado europeu superam nos valores, o modelo Vividus King Size é vendido por 69,500 dólares . Também é feito inteiramente a mão e precisou de 160 horas de trabalho para ser confeccionado, com uma moldura de pinho sueco e espessa, camada de pelos de crina algodão, linho e lá fina. Pena que a grande honra de ter esses colchões é apenas dos milionários, pois o custo é alto e são fabricados poucos modelos, quase um colchão de exclusividade. Seja qual for o preço, um bom colchão merece um bom reconhecimento.

Deixe um comentário