Como conseguir a Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil?

Em uma tentativa de incentivar mais os brasileiros a ingressar no nível superior, o Governo lança a projeto Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil, programa para ajudar jovens e adultos a começar um curso de ensino superior. As bolsas são voltadas para alunos de graduação, pós graduação e ensino básico que não podem pagar os seus estudos.

Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil

Como funciona o programa de Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil

O programa de Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil tem como finalidade conceder bolsas de estudos para quem não pode pagar seus estudos de nível superior em mensalidade integral. As bolsas são voltadas a estudantes tanto que estão finalizando o ensino médio como que já concluíram e tem dificuldade em entrar em universidades públicas. Os cursos são oferecidos em instituições de renome e com qualidade de ensino, todas filiadas ao MEC corretamente.

O aluno interessado deve preencher a ficha cadastral no programa no site oficial, o http://www.educamaisbrasil.com e aguardar a sua seleção. Haverá um pagamento para entrar no programa e um semestral para renovar a sua bolsa de estudos com o programa Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil. Os valores das bolsas são de 50% para cursos de graduação, e de até 30% de cursos de pós graduação.

Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil

Critérios para conseguir a bolsa

Os critérios básicos para conseguir a Bolsa de Estudos Educa Mais Brasil são não ter renda alta para conseguir pagar a mensalidade do curso e não estar cursando nenhum curso de nível superior ao menos por seis meses. Depois de concluir o curso não haverá qualquer pagamento a ser feito, pois o desconto é em todas as mensalidades(diferente do Fies, por exemplo). Por isso não há débito e o desconto fica válido durante todas as mensalidades dos cursos, sempre com o pagamento da renovação que varia de acordo com  seu desconto.

Mesmo que o estudando não seja beneficiado este semestre, não precisa se cadastrar e vai continuar concorrendo a bolsas no próximo semestre.

Deixe um comentário