Como escolher um anticoncepcional

As pílulas anticoncepcionais são os grandes aliados das mulheres na prevenção da gravidez indesejada e no auxílio em outros tratamentos como a queda de cabelo, a oleosidade da pele e os cistos no ovário. Mas existem dois tipos de pílulas anticoncepcionais: as que são compostas por hormônios de estrogênio e progesterona e as que são compostas por apenas o hormônio da progesterona.

anticoncepcional

Normalmente os que contêm dois tipos de hormônios possuem cartelas com 21 comprimidos, já os que contêm apenas progesterona, é mais comum em cartelas com um total de 28 comprimidos, normalmente as que emendam uma na outra e não geram ciclo menstrual.

Quando você decide começar um tratamento com pílulas anticoncepcionais é necessário que você consulte um médico especializado para te indicar exames e avaliações que ajudem na escolha da pílula ideal. Além disso, no momento da escolha, a idade, o seu histórico médico, doenças pré-existentes e medicamentos que você utiliza com frequência podem influenciar na escolha dos comprimidos corretos para o seu organismo.

A escolha da pílula anticoncepcional por conta própria pode não ser uma boa opção. Isso porque uma escolha equivocada pode não causar o efeito esperado ou até mesmo ser ineficaz contra seu principal objetivo, evitar a gravidez. Por esse motivo, a melhor alternativa na hora da escolha da sua pílula anticoncepcional é consultando um médico especializado, como um ginecologista.

Uma escolha errada pode gerar resultados indesejados e efeitos colaterais imprescindíveis, por esse motivo o auxílio médico é tão essencial. Muitas meninas adolescente ficam constrangidas em falar para as mães que precisam ou desejam tomar pílulas anticoncepcionais, porém, não sabem quanto isso pode ser prejudicial e ineficaz. Meninas, não fiquem constrangidas e mães, conversem com suas filhas, melhor uma conversa aberta e tudo certo do que uma gravidez indesejada no meio da adolescência, não é mesmo, mocinhas e mamães?

Veja mais em: Anticoncepcionais.net

Deixe um comentário