Como se tornar um blogueiro famoso

Hoje em dia os diários comuns ficaram fora de uso. Sentar e escrever em uma folha de papel se tornou algo ultrapassado e sem graça. A moda agora é escrever em blogs, o que anda tornando muita gente famosa e até mais conhecido que algumas celebridades mundias. Os blogs são fáceis de manusear, gratuitos e uma grande janela para a mídia. E todo mundo pode se tornar um blogueiro famoso. Para isso, basta seguir alguns passos a seguir.

como ser blogueiro

Escolha um tema

O grande segredo para ser um blogueiro famoso não é escrever sobre o que todo mundo escreve e entrar no meio. O segredo é escrever algo que você entenda bem. Pode ser cinema, moda, música ou até mesmo mecânica de automóveis, desde que você saiba como escrever bem e entenda bastante do tema. Diversos blogs famosos falam de temas diversos como o universo bancário, decoração de casa e temas estranhos como consertar uma flauta. O tema não importa, pois há sempre pessoas dispostas a ler bastante coisa e temas diversos. 

Crie um blog gratuito

As contas mais conhecidas são WordPress e Blogpost, da Google. Ambas são gratuitas e fáceis de manusear. O painel é em português e você pode criar textos com fotos, postar vídeos e o que mais quiser para seu público assistir. Para isso bastar ter um email e uma senha. Posteriormente você pode comprar um domínio e ter um site www.mundodanoticia.com.br, por exemplo, mesmo com um site operacional gratuito, pagando apenas R$ 30 por ano.

O wordpress deve ser acessado e criado pelo site www.wordpress.com. Lá você clica em Criar Blog e escolhe um endereço que não exista (o site vai te informar se o site já existe) e pronto, pode começar a postar. O Blogspot só é acessado para usuários Google e na página inicial do usuário já logado, seguindo o passo a passo indicado pela página.

Filha-de-blogueiro

Poste com uma frequência

Para tornar o seu site famoso, tenha textos originais e deixe a página sempre atualizada com notícias e fotos. Poste textos ao menos de 300 palavras para que eles sejam considerados informativos de verdade.

Deixe um comentário