Desvio de Septo Nasal: Causas e Tratamento

O desvio de septo nasal não é uma coisa muito rara, pois trata-se de uma desordem física comum do nariz. Isso porque pode acontecer do septo ter um pequeno desvio e não ficar totalmente centralizado. Muitos nem notam esta anomalia porque não apresenta grande diferença, mas a partir do momento em que sentem alguma dor, procuram um médico e detectam o desvio de septo nasal. Conheça as causas e tratamento do desvio de septo nasal e fique de olho.

A causa mais comum do desvio de septo nasal é algum impacto traumático, mas isto ainda pode acontecer devido a uma compressão do nariz durante o nascimento do bebê, gerando um desvio do septo e ocasionando o problema. Outra causa menos comum é a síndrome de Marfan.

Os sintomas mais comuns de septo nasal são dificuldades de respiração, nariz sangrando, dor de cabeça, apneia e outros transtornos do sono, como o ronco. Isso porque há uma obstrução do nariz no lugar onde o septo foi deslocado e isso gera dificuldades da entrada de ar, o que ocasiona os demais sintomas.

Quando o desvio é pequeno pode ser que o paciente não apresente todos os sintomas, pois há apenas uma pequena diminuição na passagem de ar. De qualquer forma, quando tiver algum destes sintomas periodicamente, o mais indicado é procurar um médico.

Quando os sintomas são pequenos e não altera significativamente as funções do organismo, é preciso apenas fazer um acompanhamento para ver se o desvio aumenta e não é necessária nenhuma intervenção cirúrgica.

Nos casos em que o desvio é grande e o paciente apresenta muitos sintomas, prejudicando funções normais do organismo, o tratamento para desvio do septo nasal mais indicado é a septoplastia, uma pequena cirurgia de correção. A cirurgia em si é rápida, mas seu tempo de recuperação é de uma semana.

Deixe um comentário