Ejaculação Precoce – Tratamento

Um dos sintomas que mais preocupam os homens nos últimos tempos, e neste artigo iremos explicar um pouco sobre ela e como fazer tratamento.
Ejaculação Precoce hoje é tratada como um distúrbio, um problema sexual, esse distúrbio sexual atingem 40% das pessoas que procuram as clinicas de tratamento sexual, e isso é muito comum na juventude principalmente com a pessoa que esta há muito tempo sem relação sexual, ou seja, está em abstinência sexual por um longo período, mas quando o problema se estende ao longo da vida adulta pode ser tratado como um problema crônico.
Para uma ejaculação ser considerada normal ela acontece em duas fazes diferentes. No primeiro o sêmen é eliminado dos órgãos reprodutores, tais como a próstata e vesícula seminal, para a uretra. No caso da segunda fase o líquido avança por todo o canal da uretra até atingir a superfície da glande, por onde é expelida também a urina. Para a ejaculação não existe um tempo determinado ou pré-definido.
O diagnostico deve ser analisando se o tempo entra o começo da relação sexual e a ejaculação foi bem mais rápido que o normal, no caso se não houve controle devido da ejaculação. Para este tipo de situação é muito comum o pênis nem chegar a enrijecer fazendo com que o sujeito chegue a ejacular ainda nas preliminares, sem haver ainda qualquer contato direto do pênis com a parceira.
Uma das causas que mais se destacam entre elas podemos dizer que é o aumento de sensibilidade da glande e a ansiedade durante a relação sexual. Pode se dizer que existem diversos tipos de tratamentos alguns deles são o tratamento pela administração de medicamentos quanto por sessões psicoterápicas, mas na maior parte dos casos o tratamento é feito por orientação sexual. Muitas técnicas também são utilizadas para aumentar o controle durante o ato sexual.

Deixe um comentário