Erros mais comuns em redações no vestibular.

PalavrasUm dos maiores fantasmas de quem vai prestar exames para o vestibular ou concurso, é sem dúvida a redação. Os erros de português são os que mais desclassificam os candidatos, e são sempre os mesmos. Vamos neste artigo dar algumas dicas para os alunos não cometerem os mesmos enganos tão comuns.

Um dos primeiros erros observados nas redações é em relação ao gênero, sua continuidade e finalização. Por exemplo, se o aluno está fazendo uma redação dissertativa argumentativa, se ele prossegue no mesmo gênero até o final do texto, e por fim, dá a sua opinião a respeito, ou seja, defende sua tese sobre o tema abordado, finalizando com uma conclusão sobre o assunto.

Outro engano comum, é a fuga do tema proposto, ocorre quando um tema é sugerido e a pessoa escreve sobre alguma coisa similar.

Ex: Faça uma redação sobre Prostituição, e o candidato escreve promiscuidade. Apesar de serem parecidos, são temas distintos.

Ocorre com muita frequência também o uso de gírias e linguagem informal, termos coloquiais na redação, isso é um erro grave, não se pode usar gírias expressões grosseiras na criação de um artigo.

Usar esse tipo de comunicação, pode levá-lo até a desclassificação total da redação. É necessário escrever de formal culta e de fácil entendimento.

Portanto também não é legal encher o texto de palavras arcaicas e de pouco uso, uma coisa é ser culto outra é ser prolixo.

E por último, os erros básico de português, é importante conhecer as regras básicas da língua para evitá-los.

Uma boa dica é sempre revisar seu texto, procure por erros que possam ter passados desapercebidos durante a elaboração do texto.

Fique atento e boa sorte!

Deixe um comentário