Folclore Brasileiro

Folclore é a associação de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Vários surge de fantasia das pessoas, particularmente dos residentes das regiões do interior do País. Varias destas histórias foram empregadas para passar mensagens significativas ou apenas para amedrontar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Vários deles deram surgimento à festas populares, que ocorrem por diversos lugares do Brasil.

As lendas são estórias narrada por pessoas e passada de forma oral através dos tempos. Mesclar fatos reais e históricos com ocorrência que são frutos da imaginação. As lendas buscam dar esclarecimentos a fatos enigmáticos ou sobre-humano. Os mitos são contos que contem um forte componente metafórico. Como os povos da antiguidade não conseguiam elucidar os fenômenos da natureza, através de esclarecimentos científicos, inventavam mitos com este propósito: dar respostas as coisas do mundo. Os mitos também eram utilizados como uma forma de passar conhecimentos e avisar as pessoas sobre riscos ou defeitos e virtudes do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobre-humanos se juntavam com acontecimentos da vida real para dar sentido à vida e ao mundo.

Algumas lendas, mitos e contos folclóricos mais conhecidos do Brasil:

Boitatá: Representada por uma cobra de fogo que defende as matas e os animais e tem a capacidade de perseguir e matar aqueles que desacatarem a natureza.

Boto: Ele é representado por um homem jovem, bonito e charmoso que seduz mulheres em bailes e festas. Após o êxito, leva as jovens para a beira de um rio e as engravida. Antes do amanhecer, ele mergulha nas águas do rio para virar em um boto.

Curupira: Assim como o boitatá, o curupira também é um defensor das matas e dos animais silvestres. Representado por um anão de cabelos compridos e com os pés virados para trás. Persegue e mata todos que desacatarem a natureza.

Lobisomem: Este mito aparece em diversas regiões do planeta. Conta o mito que um homem foi agredido por um lobo numa noite de lua cheia e não faleceu, contudo adquiriu a capacidade de transforma-se em lobo nas noites de lua cheia. Nestas noites, o lobisomem ataca todos aqueles que encontram pela frente. Somente um tiro de bala de prata em seu coração seria capaz de matá-lo.

Além desses existem vários outros mitos e contos flocorico no Brasil como, Mãe-D’água,, Corpo-seco , Pisadeira, Mula-sem-cabeça, Mãe-de-ouro,Saci-Pererê,.. Etc.

Deixe um comentário