Pelo encravado – Saiba como evitá-los

 

Tanto mulheres quanto os homens sofrem com um problema em comum. Os pelos encravados. Mais porque isso acontece? Simples, o pelo encrava quando ele não tem força para romper a camada superficial da pele, o que faz ele continuar crescendo, sem sair para fora da pele.

Essa fraqueza muitas vezes pode ser causada pela depilação com cera, que arranca o pelo da raiz, o que deixa ele mais fraco. Pode acontecer também do pelo crescer “meio torto” e por isso não encontra o poro de saída da pele. Caso você esteja se perguntando se o melhor é usar lâmina, fique sabendo que nem sempre. Algumas mulheres que usam a depilação a cera quente, (que enfraquece os pelos) podem se beneficiar usando a lâmina (que fortalece o pelo, sendo assim mais fácil para ele romper a pele). Porém algumas mulheres podem sofrer de algum tipo de irritação, e além do pelo encravado podem ficar pequenas espinhas no local (uma inflamação que se chama foliculite). Por isso é bom testar antes de usar o método constantemente.

Se você está se perguntando se a esfoliação pode ajudar fique sabendo que sim, mas não pode resolver. Geralmente os esfoliantes corporais com grânulos ajudam a remover as células mortas, afinando a pele e facilitando a passagem do pelo. Segundo especialistas o melhor método a ser usado para depilação e para evitar pelos encravados é usar a depilação a laser. Pelo fato do calor destruir a matriz do pelo e o local onde ele nasce, ele não volta a crescer tão rápido. E quanto menor o número de pelos, menor a probabilidade de ter pelos encravados.

Caso você não possa fazer uma depilação a laser devido ao preço elevado você pode optar a passar cremes que vão te ajudar a desencravar os pelos. Geralmente os produtos que contém as substâncias ácido salícico, uréia, perôxido de benzoila e ácido retinoico podem ajudar muito a desencravar os pelos. Procure o seu dermatologista e peça para receitar algo compatível com você.

Deixe um comentário