Quando é hora de pedir demissão?

Pedir demissão é uma escolha que requer bastante análise, mas em alguns casos é necessário. Há profissionais que simplesmente não conseguem enfrentar o dia a dia de sua rotina de trabalho e trabalhar se torna mais que um simples ato de ir para o emprego, mas um verdadeiro martírio. Se for o seu caso, melhor repensar duas vezes.

pedir demissaoOs especialistas alertam uma análise de ao menos dois meses antes de decidir pedir demissão. O principal ponto é o seguro desemprego, que não existirá não importa por quanto tempo de trabalho se tenha dedicado à empresa. Não há rescisão de contrato também, então o empregado sai com as mãos vazias. Se não fizer um planejamento financeiro para o pós demissão, pode ficar em maus bocados financeiros.

São bons motivos para pedir demissão:

Se você não suporta a sua área – se você sofre e até fica depressivo ao ir trabalhar, pode ser necessário buscar uma atividade que realmente sinta prazer. Há quem seja mais produtivo e se sinta muito melhor todos os dias por exercer a profissão que ame. Estar na área que gosta ajuda muito. Uma alternativa de plano seria buscar sua profissão em paralelo. Enquanto continua no emprego, tente estudar para a sua área de interesse ou buscar empregos em outras empresas.

Não gostar da linha da empresa – para um emprego ser tolerável você precisa concordar com a linha do produto ou da empresa. Imagine que tamanha tortura seria para um vegano trabalhar em um abatedouro de carne, não é mesmo? Se você não concorda ética e moralmente com a linha da empresa, melhor pedir demissão.

Você não tem afinidade com os colegas de trabalho – eles pensam diferente ou agem diferente de sua forma de pensar. Um evangélico não se sentiria bem em um ambiente onde palavrões e brincadeiras sexuais são permitidas. Neste caso, pode ser necessário. Não ter afinidade e nem se dar bem com colegas de trabalho torna o ambiente insuportável.

Você não tem seu trabalho reconhecido – acontece. Algumas empresas simplesmente não possuem um bom plano de carreira e você pode morrer como assistente e jamais se tornar supervisor de nada. Que tal buscar um novo emprego com mais oportunidades? Pode ser uma busca em paralelo.

 

Deixe um comentário