Sintomas da síndrome dos ovários policísticos

O que é a síndrome dos ovários policísticos?

A síndrome dos ovários policísticos é caracterizada por uma produção maior na quantidade de hormônios masculinos nas mulheres, fator esse que pode afetar e dificultar a fertilidade feminina. A testosterona produzida pela mulher interfere principalmente na ovulação da mulher, podendo dificultar que a mulher engravide e acarretando no desenvolvimento de cistos nos seios.

Quais são os principais sintomas?

Além da dificuldade na ovulação, a síndrome dos ovários policísticos podem causar mais 3 sintomas, são eles:

  • Irregularidade menstrual: a mulher passa a menstruar a cada 2 ou 3 meses, podendo chegar a ter apenas dois ou três episódios de menstruação por ano.
  • Aumento de pelos: por causa da doença a mulher irá sofrer com o aumento de pelos na região do rosto, nos seios e
    na região mediana do abdômen.
  • Aumento de peso: a obesidade também é um sintoma da doença. Na verdade a obesidade pode ajudar a doença (anteriormente latente devido ao controle do peso) se desenvolver.
A síndrome dos ovários policísticos tem tratamento?
Sim. Existem alguns tipos de tratamento, por isso antes de mais nada os médicos costumam perguntar se a paciente pretende engravidar ou não, se a resposta for sim o médico pode te aconselhar a fazer indução da ovulação (não sem antes tratar as outras causas da infertilidade), se a resposta for não a paciente pode orientada pelo médico a tomar anticoncepcionais orais, pois essas ajudam a combater o aumento de pelos, espinhas, irregularidade menstrual e cólicas. Essas são só possíveis opções de tratamento, o que você deve fazer mesmo é conversar com o seu médico e decidir juntos o que vai ser melhor para a sua saúde e para os seus planos para o futuro.

Um comentário

  1. Morzza says:

    A Síndrome de Ovários Policísticos trata-se de uma doença em que não ocorre a ovulação e por isso os ovários acumulam sistos que produzem hormônio masculino.Por isso a mulher para de menstruar regularmente(isso não quer dizer que ela não menstrue) e apresenta excesso de pêlos no corpo.O tratamento consiste no uso de anticoncepcionais que regulam o ciclo.Muitas vezes a doença esta relacionada com excesso de peso ou diabetes. devo enfatizar que o correto diagnóstico de “ovários policísticos ou polimicrocísticos” exige, como procedimentos mínimos, uma cuidadosa análise das manifestações clínicas, uma meticulosa avaliação funcional e endócrina e um acurado exame ultrassonográfico dos ovários. Existem e têm existido diversos tratamentos para as múltiplas manifestações da “síndrome dos ovários policísticos” e, usualmente, os tratamentos específicos a serem utilizados vão depender daqueles aspectos da síndrome que mais incomodam e afetam.abs

Deixe um comentário